PEIXE BOM

Bom, vou aproveitar este espaço para vender o meu… press release.
Se você não o recebeu, é porque não tenho o seu contato. Ou então é porque você não é jornalista. Ou é, mas tem assuntos mais interessantes para gastar seu tempo.

Imagine que não é este o seu caso. Leia o release e fale comigo, se quiser. Abraços aos amigos gardenais, e aos normais também!

Cidade de São Paulo ganha Centro de Entretenimento para toda a família

O Oops!, sediado no bairro do Itaim Bibi, incorpora LAN house, espaço de videogame, área de internet, salas de DVDokê, locadora de DVD, lanchonete com revistaria e show room de computadores, totalizando sete serviços

Oops!, franquia internacional com sede no Japão, inaugurou seu primeiro Centro de Entretenimento no Brasil no último dia 20 de julho, domingo, na avenida Santo Amaro, 1149, no Itaim Bibi. A loja tem 400 m² e atende ao público interessado em tecnologia e cultura de segunda a domingo das 9h às 23h. Veja os serviços que o Oops! – Centro de Entretenimento oferece:

1) LAN house: a rede local de computadores é formada por 45 máquinas (se houver necessidade, alguns computadores da Área de internet serão usados para os jogos) AMD XP 2000, com memória RAM 256 DDR, placa GeForce 4, e monitores de 17 polegadas flat. Os principais jogos disponíveis são Counter Strike, D.o.D., Dragon Ball Z, Warcraft III, Need for Speed: Hot Pursuit 2 e Battlefield.

2) Área de videogame: além dos games para computador, a loja atende aos fãs do PlayStation 2, o videogame de última geração da Sony. Nesta área está instalado um console (estão previstos mais 2), ligado a uma TV. Os jogadores podem conhecer sucessos exclusivos do mercado japonês, inéditos para os brasileiros.

3) Área de internet: isolada do restante do ambiente com paredes de vidro, é destinada àqueles que desejam consultar e enviar e-mails, realizar pesquisas na internet em banda larga, ou até mesmo fazer seus trabalhos. Os usuários dispõem de quinze computadores, softwares do pacote Office (Word, Excel, Access, PowerPoint), scanner, webcam, câmera fotográfica digital, e impressora multifuncional.

4) Locadora de DVD: os clientes têm à disposição cerca de 1.500 títulos nacionais em DVD, entre lançamentos e discos de catálogo. Quem não tiver DVD player em casa, por exemplo, pode assistir ao filme de sua preferência no próprio local, em uma das Salas de DVDokê.

5) Salas de DVDokê: grupos de amigos ou famílias têm espaço especial no Oops!. A loja possui duas salas privativas para a exibição de filmes e a prática do karaokê. A sala menor acomoda até 4 pessoas. A outra comporta aproximadamente 8 pessoas. Ambas contam com poltronas e home theater com TV de 29 polegadas.

6) Lanchonete com revistaria: ninguém precisa sair da loja para matar a fome. Na lanchonete, com capacidade para 20 pessoas, são servidos lanches naturais, salgadinhos e bebidas não alcoólicas. Neste espaço os consumidores também podem colocar a leitura em dia com as principais publicações do mercado.

7) Loja de computadores: o Oops! também comercializa computadores. São quatro configurações, da básica ao pacote com tecnologia de ponta. A compra pode ser feita à vista, parcelada ou financiada. A entrega é feita em domicílio no prazo estipulado. Futuramente a loja pretende vender equipamentos importados do Japão, entre eles notebooks e câmeras fotográficas digitais.

“No Japão existem os Game Centers, que são áreas grandes com várias opções de lazer em um mesmo local, tudo bem planejado. Agora, o conceito japonês de loja de entretenimento chega ao País via Oops!. Nosso objetivo é atrair pessoas de gostos e faixas etárias variadas. Pode ser o chefe de família que quer um computador novo, a mãe que vai tomar café enquanto lê sua revista favorita, ou o filho que está vendo um filme com os amigos”, afirma o brasileiro Fernando Cruz Batista, diretor executivo do Oops! e residente há 4 anos no Japão.

A franquia Oops! nasceu no Japão há dois anos, com lojas nas cidades de Toyohashi e Toyota. Hoje, elas são ponto de encontro da comunidade brasileira que trabalha naquele país. No Brasil, a marca tem uma LAN house em Curitiba. Até o final deste ano a franquia cresce no território nacional, com a abertura de mais dois Centros de Entretenimento em Curitiba e Cuiabá. “Nossas franquias vão aumentar e estarão interligadas por meio de câmeras. Vamos ter monitores de TV transmitindo ao vivo o que acontece nas Oops! japonesas e dos estados brasileiros. Os clientes poderão interagir uns com os outros”, revela Fernando.